PUBLICIDADE

Em Puerto Suárez, manifestantes bloqueiam Bioceânica por tempo indeterminado

Leonardo Cabral em 28 de Julho de 2022

Reprodução/El Deber

Bloqueio é por tempo indefinido na região de fronteira

A estrada Bioceânica, que liga a Bolívia ao Brasil, está bloqueada nesta quinta-feira, 28 de julho, na cidade de Puerto Suárez, que faz linha internacional com Corumbá. A manifestação foi convocada pelos grupos cívicos da região, que exigem que o governo central consolide Puerto Busch, fortaleça a interconexão rodoviária e faça limpeza urgente do Canal do Tamengo, saída para a Hidrovia Paraguai-Paraná.

O presidente do Comitê Cívico de Puerto Suárez, Juan Manuel Pérez, disse que o bloqueio é por tempo indeterminado e aguardam negociação com representantes do governo federal. 

A via foi interditada a zero hora desta quinta-feira (28), em pontos estratégicos, principalmente na zona denominada 'ponto da auto-estrada', na altura da transversal do aeroporto de Puerto Suárez. "Esperamos que tenham vontade de dialogar", disse o cívico ao se referir ao governo central.

Ele acrescentou que há condições para viabilizar Puerto Busch, mas alguns aspectos ainda precisam ser negociados. "O descaso do governo é permanente com a reivindicação do polo de desenvolvimento do sudeste boliviano", disse.

Entre as demandas cívicas, que são recorrentes, estão a interligação da rodovia Puerto Suárez-Mutún, a remodelação do Aeroporto Internacional, a consolidação de Puerto Busch e a limpeza do canal do Tamengo para devolver a navegabilidade à lagoa Cáceres.

Com informações El Deber.

PUBLICIDADE