PUBLICIDADE

Ação conjunta faz plantio de 500 mudas em áreas queimadas no Pantanal

Leonardo Cabral em 27 de Janeiro de 2022

Divulgação/PMA

As 500 mudas foram plantadas com o apoio de voluntários

Ação conjunta da Polícia Militar Ambiental (PMA), empresas, Zanir Furtado, Instituto Acaia Pantanal e voluntários e alunos da escola Jatobazinho, que fica na região da Serra do Amolar, realizou o plantio de 500 mudas de árvores nativas do Pantanal. As mudas são das espécies piúva, aroeira e ingá do brejo.

Alunos e ribeirinhos pediram às instituições que houvesse o plantio de mudas nativas para ajudar na recomposição da vegetação de áreas queimadas do Pantanal, especialmente, à margem de cursos d’água.

O pedido foi feito durante trabalho de Educação Ambiental nas escolas rurais do Pantanal, inclusive, as que margeiam o rio Paraguai, que ocorre todos os anos e que aconteceu no final de novembro de 2021.

O plantio

A PMA reuniu parceiros e, às 05h de ontem (26), saiu do Porto Limoeiro e seguiu para a Escola Jatobazinho (80 Km de Corumbá pelo rio Paraguai) onde, juntamente com funcionários da empresa Zanir Furtado, que também doou mudas, do instituto ACAIA, instituição que mantém a escola Jatobazinho, em parceria com a Prefeitura de Corumbá, e voluntários, num total de 20 pessoas, plantaram as 500 mudas de árvores.

Divulgação/PMA

As mudas plantadas foram das espécies piúva, aroeira e ingá do brejo

Também houve participação das comunidades locais, que se comprometeram a cuidar das mudas plantadas. 

Sempre que há o trabalho de Educação Ambiental, a Polícia Militar Ambiental também leva equipes para a fiscalização preventiva. Os policiais fiscalizaram as regiões do Jatobazinho, Castelo, baía do Tuiuiú e Califórnia. Nada irregular foi encontrado. À noite, as equipes retornaram para Corumbá.

PUBLICIDADE