PUBLICIDADE

Mulher denuncia descaso com nora ao ver neto nascer na recepção da Maternidade

Leonardo Cabral em 08 de Outubro de 2020

Uma mulher de 44 anos procurou a Polícia Civil para registrar boletim de ocorrência 532/2020 contra a Maternidade de Corumbá, após sua nora, de 21 anos, dar à luz na recepção da unidade de saúde. 

Ela relatou que foi com a nora até a Maternidade, por volta das 22h, do dia 05 de outubro, depois que ela entrou em trabalho de parto. No local, duas recepcionistas a atenderam e teriam dito para que a gestante, que estaria com fortes contrações, aguardasse, pois o médico plantonista estava em outro atendimento. Ela, a sogra e o esposo, ficaram aguardando na recepção.

No entanto, após 40 minutos, a bolsa estourou e no mesmo instante a mulher pediu atendimento, mas teria recebido como resposta "que era assim mesmo" e que aguardasse.

Desesperada, a jovem gritava: “me ajuda porque meu neném vai nascer aqui”. A avó conta que a nora reclamava também de muitas dores, mas que nenhum médico ou enfermeiro apareceu para ajudar. O bebê acabou nascendo ali e ainda sofreu uma queda, arrebentando o cordão umbilical. Logo depois, médico e enfermeiros apareceram e o pai pegou a criança e entregou para a equipe. 

A mulher que denunciou o caso, disse que a nora ainda permaneceu na recepção com o vestido levantado, perdendo sangue, em frente a um rapaz que havia presenciado toda a situação.

O boletim de ocorrência, registrado como lesão corporal culposa também informa que a criança e a mãe passaram por exames e a avó acionou a ouvidoria da Santa Casa para denunciar o que havia acontecido. A enfermeira chefe, também conversou com a denunciante, orientando-a sobre procedimentos a serem adotados. 

O Diário Corumbaense entrou em contato com a assessoria do hospital e foi informado que “a Santa Casa de Corumbá orientou a senhora para procurar a Ouvidoria e seguir o devido processo legal para apuração dos fatos”. A Polícia Civil deve investigar o caso também.

PUBLICIDADE