PUBLICIDADE

Blitz leva orientações sobre o Dia Internacional de Combate à LGBTFobia em Corumbá

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMC em 17 de Maio de 2022

Clóvis Neto/PMC

Motoristas e pedestres receberam panfletos com orientações sobre a LGBTfobia

O "Dia Internacional de Combate à LGBTfobia" foi celebrado em Corumbá com uma blitz no cruzamento das ruas Frei Mariano e Dom Aquino, área central da cidade, nesta terça-feira (17). A ação foi promovida pela Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania com coordenação da Gerência de Políticas Públicas para LGBT.

“É uma ação de orientação com diversos parceiros. Estamos aqui hoje para pedir apenas respeito. Lembrando que LGBTFobia é crime, está inscrito na lei do racismo. Temos essa parceria com a Polícia Militar, a coronel Letícia (comandante do 6° Batalhão da PM) nos abriu as portas do 6° Batalhão com o apoio da PM para essa ação, assim como a Polícia Civil, Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM). A partir de agora vai ter também atendimento humanizado na Delegacia, LGBT que sofreu algum tipo de violência poderá ser atendida na DAM. A Gerência também faz ações de atendimento ao público, cursos de capacitação”, afirmou o gerente de Políticas Públicas para LGBT, Márcio Kalango.

Reprodução

Comandante do 6° Batalhão da PM, a tenente-coronel Letícia Raquel Lopes Ramos destacou a importância da ação em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania por meio da Gerência de Políticas Públicas para LGBT. “É obrigação nossa estarmos juntos com a população; quem defende a população e quem está ali para socorrer a população é a Polícia Militar. Então, justamente nesse dia nós marcamos o ‘Dia D’ de combate e mostramos que a Polícia Militar à disposição, qualquer ato de desrespeito estamos para atender a população”, afirmou a tenente-coronel ao reforçar que o telefone 190 da PM é o canal para denúncias.

Participando da mobilização na área central, a secretária Municipal de Assistência Social e Cidadania Amanda Balancieri Iunes ressaltou que o Município atua fortemente no combate à LGBTFobia e na conscientização popular em torno da questão. “Desde 2017, temos essa coordenadoria implantada, que hoje se tornou gerência. O prefeito Marcelo Iunes criou a Gerência dando mais autonomia em seu trabalho, na busca de recursos e parcerias. Estamos aqui hoje, porque o município, não tolera homofobia, não tolera qualquer tipo de discriminação, seja contra LGBT, racial, mulher, enfim, repudiamos qualquer forma de preconceito e discriminação. Trabalhamos em parceria também com a Polícia Militar, Polícia Civil, Judiciário. Essa parceria faz com que a população, a comunidade, principalmente LGBTQIA+ acredite mais no nosso trabalho, com a população ajudando a denunciar qualquer tipo de homofobia que houver em nosso município”, finalizou.

PUBLICIDADE