PUBLICIDADE

Pantanal God’s recebe bolas e uniformes do Barueri Volleyball Club, do técnico Zé Roberto Guimarães

Da Redação em 04 de Agosto de 2022

Divulgação

Ao todo, o LCube de Barueri mandou 17 bolas mikasas e uiformes para o Projeto Pantanal God's

Criado há quase um ano, o projeto de vôlei masculino e feminino, Pantanal God’s recebeu apoio importante para a continuidade das ações. Após conquistar o primeiro título, o 3° Torneio Galaxy de Vôlei em Jardim, em julho, o Pantanal God’s, foi presenteado pelo Barueri Volleyball Club, que tem sob seu comando José Roberto Guimarães, que também é técnico da Seleção Brasileira Feminina de Vôlei. São 17 bolas Mikasas e mais uniformes que foram usados na campanha do Barueri na disputa da Superliga Feminina. A doação, se somada, chega a quase R$ 12 mil em bolas.

Para a coordenação do projeto, é o resultado de trabalho em equipe para manter viva a prática do voleibol na região. “Essa parceria começou quando um dos nosso coordenadores, Leonardo Cabral, foi até Brasília, assistir os jogos da Liga das Nações. Lá, ele manteve contato com José Roberto Guimarães, apresentou o projeto e, então, ele disse que poderia ajudar. Desde então, passamos a fazer os contatos e a promessa foi cumprida", disse Cesar Brandão.

"Foi a filha de Zé Roberto, Carol Guimarães, quem ficou falando com a gente. Ela foi atenciosa fomos alinhando como poderia ser essa doação e ela nos disse que além das bolas, mandaria uniformes. Para nós, foi uma surpresa e tanto”, mencionou Cesar, um dos coordenadores do projeto. 

“Estamos muito felizes e agradecidos por essa parceria. É um incentivo e tanto para a nosso projeto que está crescendo a cada dia. Queremos de fato, incentivar e mostrar que Corumbá tem sim muitos talentos, mas que precisam de apoio. Aos amantes do vôlei, o projeto está de portas abertas e esperamos que possam vir e somar com o Pantanal God’s”, convidou.

O técnico Denilson Gomes disse que com a chegada das bolas, com toda certeza, os treinamentos passam a ter uma dinâmica mais diferenciada.

“Quem pratica o vôlei, um dos grandes desafios é ter os materiais, como bolas, rede, entre outros, para poder por em prática os fundamentos. O Pantanal God’s contava com apenas três bolas Mikasas e, de repente, chegam 17, todas oficiais. É um investimento que vai possibilitar que a gente trabalhe de forma específica os atletas dentro de quadra e suas devidas posições. Vai permitir uma preparação melhor para as competições. Aqui, aplicamos desde a iniciação até o avançado, o importante é que o os atletas se sintam bem”, afirmou  Denilson.

O atleta Gabriel Batista, que faz parte do Conselho Deliberativo, frisou que "as bolas são essenciais e nos dão uma dinâmica ainda melhor dentro de quadra”.

O Pantanal God’s

Criado numa roda de amigos, o Pantanal God’s, completa um ano em setembro. Tem como coordenadores Cesar Brandão e Leonardo Cabral, que contam com o Conselho Deliberativo, composto por Diego Moraes, Cadimiel Ramirez, Gabriel Batista e Fábio Henrique Souza. 

Atualmente, o projeto já conta com 20 atletas aptos para representar Corumbá nos torneios intermunicipais realizados em Mato Grosso do Sul. Recentemente, o projeto abriu as portas para o feminino também e a equipe está em formação. 

Para manter o projeto, os coordenadores usam de recursos próprios e com o apoio de alguns patrocinadores. A equipe já participou de quatro campeonatos. Um em Corumbá, outro na cidade de Miranda, ficando na terceira colocação, e os outros dois em Jardim, onde em julho conquistou o primeiro título. A participação nestes campeonatos, demonstram que o projeto vem dando certo e precisa de mais parcerias para continuar com a preparação para as competições.

Os treinos acontecem todas as segundas e quartas, das 20h às 22h e aos sábados das 19h às 21h, na quadra do Colégio São Miguel, em Ladário; no Poliesportivo da Porto Carrero, em Corumbá, das 14h às 16h. O projeto segue com inscrições abertas para as duas categorias, masculina e feminina.

Informações (67) 99877-9249 e 98150-8378.

PUBLICIDADE