PUBLICIDADE

Reinaldo busca apoio do PDT a Riedel e pode dar palanque a Ciro Gomes em MS

Campo Grande News em 25 de Julho de 2022

Arquivo/CG News

Governador Reinaldo Azambuja; PSDB pode vir a dar palanque a dois candidatos à presidência: Ciro Gomes e Jair Bolsonaro

A 11 dias do fim do prazo para as convenções, o governador Reinaldo Azambuja trabalha para ampliar o leque de partidos que apoiam a eleição do pré-candidato a governador Eduardo Riedel (PSDB). A conversa é com o PDT, do presidenciável Ciro Gomes, que ainda não tem palanque em Mato Grosso do Sul entre os candidatos a governador.

Confirmando a aliança, Riedel poderá repetir o que o próprio Reinaldo Azambuja fez há 4 anos, na campanha à reeleição: dar palanque a dois candidatos à presidência. No primeiro turno, em 2018, Azambuja apoiou Geraldo Alckmin, do PSDB à época, e Jair Bolsonaro, que estava no PSL.

Maior liderança do PSDB no Estado, Reinaldo Azambuja conta com o PDT na sua base de apoio, tendo o deputado estadual Lucas de Lima como aliado.

Agora, Riedel poderá dar palanque para Jair Bolsonaro e Ciro Gomes. Até o momento, o pré-candidato tucano conta com o apoio do PP (da pré-candidata ao Senado Tereza Cristina), do PL (do presidente Jair Bolsonaro) e do PSB, além de manter conversas com legendas como Cidadania e Republicanos.

Tendo em vista as realidades locais, o presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, deu carta branca para o governador Reinaldo Azambuja e para o pré-candidato Eduardo Riedel conduzirem o processo eleitoral no Estado.

Nacionalmente, o PSDB apoia a candidata Simone Tebet, do MDB. É que pela primeira vez desde a redemocratização, o Partido da Social Democracia Brasileira não terá candidato próprio à presidência.

PUBLICIDADE