PUBLICIDADE

Ainda quarto maior colégio eleitoral de MS, Corumbá vê posição ameaçada por Ponta Porã

Ricardo Albertoni em 16 de Julho de 2022

Anderson Gallo/Arquivo Diário Corumbaense

Corumbá tem 70.963 eleitores

Corumbá tem hoje 70.963 eleitores aptos para votar nas eleições de 2022, que tem seu primeiro turno marcado para 02 de outubro. O município vizinho, Ladário tem 14.088 eleitores. Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Corumbá ainda segue como quarto maior colégio eleitoral de Mato Grosso do Sul, mas vê a posição ameaçada por Ponta Porã, que passou do último pleito (2020) de 66.918 eleitores para 70.278, consolidando a 5ª posição no estado, com apenas 685 eleitores a menos que Corumbá que teve pequena evolução, de apenas 725 eleitores.

Em relação ao gênero, os números mostram que o eleitorado do município refletem os dados nacionais. Dos 156.454.011 eleitoras e eleitores que o Brasil possui, a maioria (52,65%) é mulher, praticamente o mesmo percentual de Corumbá, que tem 36.891 eleitoras (52%) e 34.072 eleitores do sexo masculino (48%).

Dados que indicam o grau de escolaridade dos eleitores mostram que a maioria, 19.489 (27,46%) tem ensino fundamental incompleto. São 1.753 analfabetos (2,47%); 18.602 (26,21%) concluíram o ensino médio e 8.397 (11,83%) possui ensino superior.

A maior parte dos eleitores corumbaenses tem entre 45 e 59 anos. Nessa faixa etária, são 17.107 pessoas. No grupo entre 25 e 34 anos, são 14.817 eleitores e no de 35 a 44 anos, 14.290 pessoas.

Entre os jovens com idade de 16 e 17 anos, quando o voto é facultativo, o número ainda é baixo se comparado ao restante do eleitorado. São 717 no total (460 com 17 anos) e (257 com 16 anos).

Estado

Mato Grosso do Sul tem 1.996.510 eleitores. Os cinco maiores colégios eleitorais do Estado são: Campo Grande com 639.873 eleitores (32,050%); Dourados, que soma 169.042 (8,467%) Três Lagoas tem 88.165 (4,416%); Corumbá com 70.963 (3,554%) e Ponta Porã com 70.278 eleitores (3,520%).  

Este ano o eleitor deve escolher presidente, governador, senador, deputado federal e estadual.

PUBLICIDADE