PUBLICIDADE

Trabalhador sofre queda em obra, tem cabeça perfurada por vergalhão e não resiste ao ferimento

Leonardo Cabral em 05 de Julho de 2022

Elzi Alves de Oliveira, de 53 anos, morreu após, possivelmente, sofrer queda no local de trabalho. Ao cair no chão, um vergalhão perfurou a cabeça dele. Foi por volta das 15h40, de segunda-feira, 04 de julho, na rua Paraná esquina com a República do Paraguai, numa área conhecida como Jatobazinho, parte alta de Corumbá.

De acordo com o boletim de ocorrência 2892/2022, o qual o Diário Corumbaense teve acesso, o homem trabalhava em uma obra de construção, quando sofreu a queda e teve a região da cabeça perfurada.

Equipe do Corpo de Bombeiros Militar foi acionada e prestou os primeiros atendimentos à vítima. Depois da retirada do vergalhão, todos os procedimentos de estabilização e transporte imediato ao pronto-socorro foram tomados. Porém, horas depois, no fim da tarde, Elzi não resistiu ao ferimento. 

O caso foi registrado como morte a esclarecer na 1ª Delegacia de Polícia Civil. 

PUBLICIDADE