PUBLICIDADE

Mulher diz "conhecer autoridades", desacata policial e acaba detida

Leonardo Cabral em 24 de Junho de 2022

Divulgação/PM

Caso aconteceu enquanto PMs faziam policiamento na festa de São João

Mulher de 28 anos foi parar na Delegacia de Polícia Civil após desacatar policial militar que fazia policiamento durante a festa de São João, no Porto Geral de Corumbá. O caso aconteceu na madrugada desta sexta-feira, 24 de junho.

O boletim de ocorrência 2726/2022, informa que a equipe da policial militar estava na rua Manoel Cavassa  quando a autora chegou perguntando sobre o local de acesso a um estabelecimento particular. Depois seguiu até a outra extremidade do local, retornou e deu um esbarrão na comandante do policiamento que ali se encontrava.

Após conseguir acesso ao estabelecimento que procurava, quando retornava para o evento de São João, ao passar pelos policiais, exibiu o dedo médio para a comandante do policiamento, que determinou a detenção e condução dela à Polícia Civil.

No trajeto, a mulher fez ameaças à equipe policial, dizendo que "conhecia autoridades" e que iria fazer uma denúncia caluniosa no intuito de prejudicar a guarnição. Ainda relatou que passou em data anterior pela delegacia, onde registrou caso de violência doméstica e que possui lesões as quais já teriam sido avaliadas pelo médico legista de plantão.

Já no Distrito Policial, a autora relatou que não havia feito nenhum gesto obsceno à policial militar e sim, o símbolo de uma facção criminosa, se referindo ao Primeiro Comando da Capital (PCC). 

O caso foi registrado como desacato e perturbação do trabalho ou do sossego alheio.

PUBLICIDADE