PUBLICIDADE

Internada, idosa vítima de tentativa de latrocínio teve a mão esquerda amputada

Rosana Nunes em 15 de Junho de 2022

A idosa que covardemente levou golpes de facão e foi roubada, dentro de casa, na madrugada de terça-feira (14), teve a mão esquerda amputada durante cirurgia na Santa Casa de Corumbá. A informação é da filha de Olinda Pompeo Dantas, de 70 anos, que vem acompanhando a mãe desde que ela foi levada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e depois transferida para o hospital, onde permanece internada no Centro de Tratamento Intensivo. 

"Ela está muito machucada, teve corte no ombro, no rosto; no pescoço, que graças a Deus não pegou nenhum artéria, mas foram duas fraturas expostas no braço dela e a mão esquerda teve que ser amputada", disse a filha ao Diário Corumbaense.

Ela pediu para não ter o nome divulgado e disse que o sentimento é de revolta porque a mãe sempre ajudou o adolescente infrator, de 14 anos, acusado de invadir a casa da idosa para roubar. "Desde que ela se mudou para o Corumbella (parte alta de Corumbá), ele vinha pedir pra capinar a frente da casa dela, ela dava um dinheirinho pra ele, até pra comprar marmitex. Foi uma crueldade o que ele fez com minha mãe", contou. 

Dona Olinda mora sozinha, mas por opção, garantiu a filha. "Fica parecendo que eu e meu irmão não cuidamos dela, mas minha mãe mora sozinha por opção. Apesar da idade, ela é uma mulher muito ativa, independente, tem a saúde boa, desfila no carnaval, vai a bailes. É aposentada e sempre teve a independência dela", frisou.

Tentativa de latrocínio

Foto enviada ao Diário Corumbaense

Há sangue por toda a casa da idosa

Fotos e vídeos feitos no imóvel, revelam a crueldade do crime. Há sangue para todo lado e um facão, usado pelo suspeito, foi apreendido. 

Dona Olinda foi socorrida por vizinhos, que ouviram os gritos dela e imediatamente levada para a UPA. Ao correr para a casa, uma testemunha viu o menor saindo do imóvel carregando um aparelho de tv. A Polícia Militar foi acionada, se deslocou para a casa do adolescente, que fica a uma quadra da residência da vítima.

Foto enviada ao Diário Corumbaense

Facão usado na tentativa de latrocínio

Ele foi encontrado no imóvel, contou uma história confusa para os PMs e devolveu o televisor. Mas, segundo a filha de dona Olinda, também foram levados a carteira com cartões e o celular da idosa. "A última visualização do WhatsApp dela foi às 09h57 de terça. Nesse horário, o menor tinha sido levado para a delegacia, alguém ficou com a carteira e o aparelho", destacou. 

O adolescente foi apreendido e levado para a Polícia Civil. O delegado titular da Daiji (Delegacia de Atendimento à Infância e Adolescência), Willian Rodrigues, informou a este Diário que ele foi autuado em flagrante delito por ato infracional análogo ao crime de latrocínio tentado (quando o roubo e o atentado contra a vida ficam na tentativa).

O menor passou por audiência de custódia na tarde desta quarta-feira (15) e teve a internação provisória na Unei Pantanal (Unidade Educacional de Internação) decretada.

(matéria editada para acréscimo da decisão judicial)

PUBLICIDADE