PUBLICIDADE

Campo Grande: homem é executado com 11 tiros na cabeça

Campo Grande News em 10 de Junho de 2022

Direto das Ruas/Campo Grande News

Corpo de Willian ficou no meio da rua depois de execução

Willian Cesar dos Anjos, de 35 anos, foi morto no fim da noite desta quinta-feira (9) com 11 tiros na cabeça e dois no peito. A execução aconteceu na esquina das ruas Escaramuça com Zenio Silva, no Jardim Radialista, em Campo Grande. Willian tem diversas passagens pela polícia e saiu da prisão em novembro de 2021.

Testemunhas contaram à polícia que Willian estava em uma Volkswagen Saveiro vermelha e foi surpreendido por dois homens em uma Honda Twister preta. Eles emparelharam a moto com o carro da vítima e dispararam seis vezes na lateral esquerda do veículo. Willian perdeu o controle e bateu o carro em um poste.

Assustado, ele saiu do carro e tentou correr a pé até uma conveniência para pedir ajuda, mas foi alcançado e executado no meio da rua. A princípio, ele foi morto com 11 tiros na cabeça e 2 no tórax. A arma do crime é uma pistola calibre .40, que é de uso restrito, e, segundo o depoimentos das testemunhas, seria "prateada".

Conforme as testemunhas, os assassinos voltaram com calma e subiram na moto, que não quis funcionar, então, eles deram um tranco e foram embora do local. De acordo com parentes da vítima, Willian estava na inauguração de uma tabacaria minutos antes de ser morto. Um amigo dele estava junto e será chamado para ajudar a esclarecer o que aconteceu.

A perícia apreendeu quinze cartuchos, quatro projéteis e dois fragmentos de projéteis. Willian estava com quase 400 reais em cédulas. O dinheiro e o carro dele foram entregues para a companheira e o sogro de William.

No local, há diversas câmeras de segurança, algumas a polícia já descobriu que não estão funcionando, outras ainda serão verificadas pelos investigadores. O caso foi registrado como homicídio simples e ainda não há suspeita de quem são os autores. 

PUBLICIDADE