PUBLICIDADE

Pecuarista é morto a tiros em fazenda; filho e sobrinho são suspeitos do crime

Leonardo Cabral em 09 de Junho de 2022

Pecuarista de 66 anos (H.P.B.A), foi morto a tiros em uma fazenda localizada na região da Nhecolândia, no Pantanal de Corumbá, no último dia 06 de junho. Três homens, dois deles, filho e sobrinho, são suspeitos do crime. 

O boletim de ocorrência 2481/2022, o qual o Diário Corumbaense teve acesso, foi registrado na quarta-feira (08), na Delegacia de Polícia Civil, informa que outro filho da vítima foi quem comunicou a morte do pai, que era pecuarista. Ele revelou que na noite do dia 06 de junho, o pai baleado e não resistiu os ferimentos.

O comunicante disse que um sobrinho e o próprio irmão, teriam envolvimento no homicídio. Uma mulher que estava no local do crime, foi apontada como testemunha.

Investigadores e a Perícia da Polícia Civil, estiveram no local para apurar as circunstâncias do crime. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Odontológico Legal (IMOL) de Corumbá, para exame necroscópico.

A Polícia Civil não informou mais detalhes e prossegue com as investigações. 

(matéria editada para publicação apenas das iniciais da vítima, a pedido da família).

PUBLICIDADE