PUBLICIDADE

Após 31 acidentes em 2022, Fórum aborda estratégias para transporte seguro de cargas perigosas

Da Redação com assessoria de imprensa em 27 de Maio de 2022

Divulgação

Fórum terá transmissão ao vivo às 19h de hoje

Para estimular as boas práticas, disseminar informações corretas e diminuir a quantidade de acidentes que envolvam a presença de produtos perigosos nas estradas de Mato Grosso do Sul, o primeiro Fórum de Segurança Viária do estado acontece nesta sexta-feira (27) a partir das 19 horas na sala de convenções do Sicredi Afonso Pena. O evento também será transmitido ao vivo pelas redes sociais. 

De acordo com dados coletados pelo Corpo de Bombeiros Militar, em 2019 foram registradas 98 ocorrências em que havia o envolvimento do transporte de cargas perigosas - a maioria inflamáveis ou com vazamento de produtos perigosos na pista. Em 2021, o número saltou para 139 acidentes viários classificados nessa categoria. 

Durante o Fórum de Segurança Viária, temas como gestão de riscos no transporte, uso de tecnologias embarcadas, novas ferramentas, estatísticas e abordagem da saúde e integridade física dos motoristas profissionais serão abordados no encontro.

O evento contará com a palestra de Leonardo Barros, engenheiro de produção e pós-graduado em engenharia de segurança do trabalho pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O especialista atua há 16 anos no cenário nacional de transportes, nas áreas industriais, de petróleo e gás e transportes/ logística.

Relevância e urgência

André Luiz Ferreira, coordenador de Saúde, Segurança e Meio Ambiente e Sustentabilidade (SSMAS) da Transportadora Kátia e consultor técnico da RodoBelo Transportes, ambas realizadoras do evento, explica que muitas empresas, sobretudo as de pequeno e médio porte, ainda não estão devidamente preparadas para capacitar os trabalhadores a fim de minimizar os riscos das operações nas estradas.

“Esse é o primeiro evento do gênero com o objetivo de levar informações atualizadas nesse segmento para Mato Grosso do Sul, com abrangência e impacto em todo o país. Além das questões que envolvem a gestão da tecnologia aplicada e as estratégias adotadas para reduzir riscos, precisamos olhar para a integridade física do trabalhador, a fim de adotar medidas preventivas aos acidentes”, complementa André Luiz.

Para o coordenador do Fórum de Segurança Viária, esta também é uma oportunidade para estimular a reflexão e a mudança desse cenário. “Os acidentes, muitas vezes, acontecem por falta de orientações quanto à direção segura, defensiva e econômica. Cargas exaustivas de trabalho culminam no esgotamento físico do trabalhador - o que se torna ambiente propício para causar os acidentes que envolvem o transporte de produtos perigosos”, analisou o especialista.

Gestores do setor de transportes e demais elos envolvidos no tipo embarcadores, além de representantes dos órgãos de controle, como Ministério do Trabalho, Auditoria Fiscal do Trabalho, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros Militar e Legislativo estarão presentes no evento.

Serviço

1º Fórum de Segurança Viária no Transporte de Produtos Perigosos

Data: 27 de maio

Horário: 19 horas

Transmissão ao vivo pelo Instagram (@ rodobelotransportes) e YouTube (canal RodoBelo Transportes)

PUBLICIDADE