PUBLICIDADE

Polícia Civil prende "casal do crime" flagrado por câmera de segurança roubando moto

Leonardo Cabral em 12 de Maio de 2022

Divulgação/Polícia Civil de Ladário

Casal foi preso e moto usada por eles no dia do roubo foi apreendida

Mulher de 29 anos e homem de 24 anos, apontados como “casal do crime”, foram presos pela Polícia Civil de Ladário, por meio do Setor de Investigação Geral (SIG), com o apoio da Polícia Penal e da Polícia Militar. Eles são acusados do roubo de uma motocicleta, no dia 04 de maio, no município vizinho, em pleno começo de tarde.

O homem foi o primeiro a ser preso. Detido pela Polícia Militar, ele estava sendo monitorado por tornozeleira eletrônica, mas rompeu o equipamento e, desde então, era foragido do sistema prisional.

Já a mulher, foi presa em flagrante, em uma casa no bairro Cristo Redentor, por tráfico de drogas. No imóvel foram apreendidos cerca de 2,4 kg de maconha, além de petrechos para o preparo do entorpecente.

Em entrevista ao Diário Corumbaense, o titular da Delegacia de Ladário, Luca Venditto, disse que o homem, depois de ser preso, confessou o roubo da moto, mas a mulher nega participação.

Divulgação/Polícia Civil de Ladário

Droga encontrada na casa da mulher no momento em que ela foi presa

“O homem é reincidente no roubo de moto, ele já havia sido preso ano passado, em setembro, quando teve participação no crime com mais duas pessoas. Ele foi condenado a oito anos de prisão, mas foi colocado em liberdade com monitoramento de tornozeleira em abril, quando rompeu o equipamento e voltou a cometer roubo. A mulher nega ser comparsa dele, mas a investigação aponta que ela estava com o indivíduo durante o roubo da motocicleta em Ladário”, falou o delegado.  

O homem permaneceu preso por ter rompido a tornozeleira eletrônica, enquanto a mulher foi presa em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

A Polícia ainda irá concluir a investigação do roubo e apurar a dinâmica do crime.  A motocicleta usada pelo casal também foi apreendida, já a que foi roubada no dia 04 de maio, uma Honda XRE 300, provavelmente foi levada para a Bolívia.

Entenda o caso

Reprodução

No dia 04 de maio, uma mulher de 21 anos foi vítima de assalto ao chegar para trabalhar. Nas imagens gravadas por câmera de segurança, foi possível ver o momento em que a vítima estaciona o veículo e segundos depois, o casal, também em uma motocicleta, encosta quase na frente dela e anuncia o assalto.

De acordo com a vítima, a companheira do criminoso pilotava a moto e falava a todo o momento, "atira nela, atira nela", mas o homem não chegou a acionar o gatilho da arma, apenas subiu na moto da vítima e foi embora atrás da comparsa.

A população pode realizar denúncias à Polícia Civil de Ladário via aplicativo WhatsApp pelo número 67 3226-1090. O sigilo da identidade e do número telefônico são mantidos.

PUBLICIDADE